O que é gerenciamento de ativos de TI (ITAM)?

Uma gestão de ativos de TI eficaz permite catalogar, rastrear e fazer uma ampla gestão dos hardwares e softwares que fazem parte da estrutura da empresa.

Também conhecida como ITAM, é uma estratégia que traz benefícios como redução de custos, obtenção de dados precisos para tomada de decisões e maior conformidade no setor de TI.

Com a adoção de um software de ITAM, não é preciso utilizar planilhas nos processos, o que proporciona muito mais agilidade e segurança. Veja a explicação detalhada a seguir.

ITAM — gestão de ativos de TI: o que é?

ITAM ou gestão de ativos de TI é uma estrutura para gerenciar, de modo estratégico e proativo, a solicitação, aquisição, uso, manutenção e descarte de ativos de TI (hardware e software).

Também se utiliza os termos “gestão de vida de ativos de TI” e “gestão do ciclo de vida de ativo”. A sigla ITAM vem do inglês “Information Technology Asset Management”.

Vale dizer que a gestão de ativos de TI difere da gestão de operações de TI.

Enquanto a segunda é focada na entrega de serviços de TI e melhorias no desempenho do sistema, o ITAM se concentra na implantação e automação de processos de gestão de inventários de ativos, desde a etapa de solicitação de compra até o descarte.

Portanto, o ITAM engloba os diferentes estágios do ciclo dos ativos de TI em uma empresa, automatizando e otimizando os processos envolvidos nas fases de solicitação, aquisição, implantação, manutenção e retirada.

Objetivos do processo de gestão de ativos de TI

O principal objetivo da gestão de ativos de TI é maximizar o valor que a empresa pode gerar com sua utilização, ou seja, maximizar o ROI.

Como os ativos de TI possuem um tempo de uso limitado, a gestão em todas as etapas do ciclo de vida permite atingir esse objetivo. 

Além disso, ao utilizar um software de ITAM, como parte das soluções End-to-end, é possível mensurar de forma precisa o custo de utilização dos ativos, obtendo assim dados importantes para tomar decisões no setor de TI.

Podemos elencar como objetivos do ITAM:

  • Quantificar o custo total com itens de hardware e software não utilizados. Isso ajuda a reduzir gastos extras com manutenção, e a otimizar a utilização dos ativos;
  • Apoiar nas conformidades de segurança da informação e exigências regulatórias;
  • Planejar decisões futuras sobre manutenção, descarte e compras de ativos. Avaliar o impacto negativo do hardware antigo, por exemplo, evitando assim prejuízos.

Vantagens do ITAM para a empresa

Podemos citar como principais benefícios da gestão de ativos de TI:

  • Redução de custos;
  • Otimização de investimentos em infraestrutura – hardware e software;
  • Otimização e agilidade na operação;
  • Elevação do controle para segurança da informação;
  • Conformidade com controles governamentais (LGPD, BACEN etc.) e políticas de segurança;
  • Controle de entrada e saída de ativos em tempo real;
  • Rastreamento dos ativos e de alterações realizadas nos componentes;
  • Agilidade no atendimento a usuários e clientes, a partir de dados precisos para diagnósticos mais rápidos;
  • Aumento da segurança e controle, com a eliminação de softwares não permitidos;
  • Dados atualizados e precisos para planejar orçamentos e investimentos;
  • Conformidade com o negócio, auditorias (externas e internas) e fabricantes de software.

Como escolher um software de gestão de ativos de TI?

Ao adotar um software adequado, a empresa pode obter todos os benefícios que o ITAM proporciona sem depender de planilhas. Logo, é importante conhecer os critérios a serem considerados na escolha.

Um dos fatores que deve pesar na decisão é a integração com outras ferramentas utilizadas nos fluxos de trabalho da empresa, permitindo assim centralizar as soluções.

Também é importante adotar uma solução que seja flexível, para acompanhar o crescimento do negócio, que pode levar a um aumento considerável no número de ativos registrados.

Outro fator relevante para a escolha é levantar todos os processos que devem ser cobertos pelo software de ITAM. Como vimos, a gestão envolve os processos que integram os diferentes estágios do ciclo de ativos de TI na empresa, da solicitação ao descarte.

ITAM Selbetti: referência em software de gestão de ativos de TI

O Satelitti, plataforma de gestão cloud que agrupa todos os sistemas da Selbetti, possui um módulo de gestão de ativos de TI, o ITAM.

O objetivo desse módulo é facilitar o controle de equipamentos, como redução de custos e aumento da rastreabilidade, garantindo assim maior conformidade e compliance.

Com o controle de ativos de hardware, é possível monitorar a situação de cada peça ao longo de seu ciclo de vida na empresa.

Já o controle de ativos de software permite otimizar o uso de diversos softwares quanto à usabilidade, segurança e controle, diminuindo riscos, custos e desperdícios com licenciamentos.

Além da  gestão de ativos de TI, o Satelitti oferece módulos de  controle de documentos, assinatura digital e gestão de impressão, entre outros.

A Selbetti é uma empresa referência em outsourcing de TI, que atua no mercado brasileiro há 45 anos. Conheça o ITAM Selbetti

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *